Órgãos vestigiais

Órgãos vestigiais são aqueles que em algum organismo são de tamanho reduzido e geralmente não tem função, mas que em outros organismos são maiores e exercem função definida. A importância evolutiva desses órgãos vestigiais é a indicação de parentesco evolutivo.

Um exemplo bem conhecido de órgão vestigial no ser humano é o ceco e o apêndice vermiforme (ou apêndice cecal). Nos mamíferos roedores, o ceco é uma estrutura bem desenvolvida, onde o alimento parcialmente digerido é armazenado e a celulose, abundante nos vegetais ingeridos, é degradada pela ação de bactérias especializadas. Em alguns desses animais, como o coelho, o ceco apresenta uma extremidade final mais estreita denominada apêndice, que corresponde ao apêndice vermiforme (apêndice cecal) humano.

Esquema de segmentos do intestino de coelho e de ser humano. (Estruturas representadas na mesma proporção)

Esquema de segmentos do intestino de coelho e de ser humano. (Estruturas representadas na mesma proporção)

Por homologia com órgãos de outras espécies, é possível inferir em muitos casos a função que foi exercida no passado por estes órgãos na linhagem do organismo em questão.

ÓRGÃOS VESTIGIAIS NOS SERES VIVOS

Como órgãos vestigiais, podem ser citados:

  • Resquícios de ossos e tecidos de membros em serpentes e lagartos ápodos, que podem ser em algumas espécies observados externamente, como é o caso de um dedo rente ao corpo de algumas cobras próximo à região da cloaca.
  • Asas sem capacidade de vôo ou qualquer outra função essencial à sobrevivência em diversas formas de insetos, por exemplo em percevejos de cama.
  • Ossos de membros posteriores internos em baleias.
  • Nervuras principais (de folha) em carpelos (estruturas de ovário) de diversas plantas.
  • Olhos ou estruturas oculares em diversas espécies cegas cavernícolas ou residentes em outros ambientes afóticos, como peixes, cecílias (cobras-cegas), e a toupeira do deserto da Namíbia.

ÓRGÃOS VESTIGIAIS NO SER HUMANO

  • Dentes do siso são órgãos vestigiais com crescimento tardio que além de não terem função podem trazer diversas complicações à dentição (o que também é um problema para os proponentes do Projeto (Design) Inteligente).
  • Músculos extrínsecos do pavilhão auricular, que permitem a algumas pessoas moverem suas orelhas.
  • Membrana nictitante. Um ancestral comum às aves e os mamíferos tinha uma membrana para proteger o olho e varrer os resíduos para o exterior. Humanos conservam só um pequena prega no canto interior do olho.
  • Músculo subclávio, um pequeno músculo situado abaixo do ombro, que vai desde a primeira costela até a clavícula, poderia ser útil se os humanos ainda caminhassem de quatro. Algumas pessoas têm um, outras não têm nenhum, e alguns poucos têm os dois.
  • Músculo palmar, um músculo longo e estreito que percorre o cotovelo até o pulso e já não existe em 11% dos humanos modernos. Ele deve ter sido muito importante para pendurar-se e escalar. Os cirurgiões aproveitam este músculo para empregá-lo em cirurgia reconstrutiva.
  • Pelagem corporal. As sobrancelhas evitam que o suor caia nos olhos, e a barba masculina poderia ter algum papel na seleção sexual, mas aparentemente, a maior parte do cabelo restante no corpo humano não tem nenhuma função.
  • Músculo plantar. Com freqüência confundido com um nervo pelos estudantes novatos de medicina, este músculo foi útil para outros primatas, que o usavam para agarrar objetos com os pés. Já desapareceu de 9% da população humana.
  • Décima terceira costela. Nossos parentes mais próximos, os chimpanzés e gorilas, contam com um jogo extra de costelas. A maioria de nós temos 12, mas 8% dos adultos ainda contam com um par a mais.
  • Cóccix, o osso da extremidade inferior da coluna vertebral. Nossos ancestrais hominídeos perderam o rabo bem antes de começar a andar. O que sobrou é o cóccix, um conjunto de três a cinco vértebras fundidas no fim da coluna dorsal. Sua única função é ajudar a manter os músculos da região estruturados, mas sua remoção não prejudica o paciente.

OBS: só pra dá uma descontraída…vamos ver um vídeo sobre o pensamento evolucionista…rsrs

Anúncios

~ por biologiafacil em maio 13, 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: